FRATERNIDADE ORTODOXA  SAGRADA FAMÍLIAFRATERNIDADE ORTODOXA SAGRADA FAMÍLIA

PARA CASAR É PRECISO AMAR


Quando um homem diz "Gosto muito de você, quero me casar, mas não te amo". O que isso significa?

"... talvez você seja para ele uma ótima mulher para casar, mas ele sente falta do lado mais ousado. Se isso for verdade, vale a pena tentar descobrir juntamente com ele formas mais desafiadoras de se relacionar. Tentar jogar algum mistério, algum tempero que torne a relação mais intrigante" Resposta: Pode significar muita coisa, mas também pode ser apenas a melhor tradução de sentimento que ele consegue fazer.

Explico: existem palavras e expressões que se banalizaram pelo excesso de uso. "Eu te amo" não deixa de ser uma delas. Essa expressão, em geral, é associada ao amor romântico que se vê nos filmes, onde o casal está tão embevecido pelos seus sentimentos que não consegue sequer respirar. Ou então é associada à paixão ardente, incontrolavel, avassaladora e obsessiva que envolve a pessoa de tal forma que ela não consegue enxergar nada alem do objeto de sua paixão.

Pode ser que o homem que está pedindo você em casamento não identifique o que sente por você com nenhuma das situações acima descritas; pode ser que ele sinta por você algo bom, mas... diferente! Assim, dizer que não a ama pode, nesse caso, ser uma simples tentativa de evitar falar por falar; uma tentativa de não mentir sobre o que sente.

Mas estamos trabalhando no terreno das hipóteses e, nesse sentido, alguém dizer a você que não a ama pode significar um alerta, um sinal de perigo. Talvez essa pessoa queira avisá-la que no atual momento, seu sentimento por você não é tão intenso assim. Mas mesmo assim ele quer ficar com você. Correndo o risco de, com o tempo, esse sentimento se intensificar ou... acabar. Nesse caso, cabe a você decidir se quer embarcar com ele nessa tentativa e assumir o risco que ela embute. Lembrando-se que mesmo casais que ao se unirem o fazem de posse de uma certeza absoluta podem cair em dúvidas depois.

Não podemos esquecer também, que por muito tempo houve na cabeça masculina uma divisão muito clara entre "mulher para casar" e "mulher para se divertir". O homem se casava com a mulher comportada e se divertia com quem quisesse. Hoje, existe uma expectativa de que ambas se fundam em uma só, ou seja, o homem quer sentir pela mulher que escolhe o carinho e a luxúria ao mesmo tempo. E aí... se confunde.

Nesse sentido, talvez você seja para ele uma ótima mulher para casar, mas ele sente falta do lado mais ousado. Se isso for verdade, vale a pena tentar descobrir juntamente com ele formas mais desafiadoras de se relacionar. Tentar jogar algum mistério, algum tempero que torne a relação mais intrigante. Lembrando-se que, se mesmo as relações mais fogosas tendem a esfriar depois de algum tempo, as mais mornas podem esquentar, não é?

Bem, o importante é que se você gosta dele e ele quer ficar com você. Dessa forma a relação é possivel. Como ela vai se desenvolver, bem, aí vai depender de uma série de variáveis e não apenas dos sentimentos do presente. Vai depender principalmente dos sentimentos que forem construídos nessa relação específica. Tenham eles os nomes que tiverem.


Visitante N°: